Uma “Geografia”. Uma Fotografia: Guangzhou

Guangzhou_Blog

Na urbe de Guangzhou – pode encontrar mais aqui – tive encontros maravilhosos com as suas distintas faces e fui abraçado pelo seu abafadíssimo calor e abençoado, algumas vezes, pelas maiores chuvas torrenciais que alguma vez presenciei.

Uma “Geografia”. Uma Fotografia: Yangzhou

Yangzhou_Blog

Na agradável cidade de Yangzhou visitei os meus primeiros jardins asiáticos – pode encontrar mais aqui – e fiquei fascinado com a beleza e perfecionismo empregues na suas conceções.

Jinghong. Jardins e Cheirinho a Cultura Thai

Durante o dia na cidade decidi visitar os seus múltiplos jardins e parques e abrigar-me um pouco do calor semi-tropical da região – Xishuangbanna. A caminho do jardim botânico, passei por inúmeros mercados e bancas de fruta e o que me ficou mais entranhado na memória, foi o cheiro doce e frutado que exalava das ruas: mangas, papaias, abacaxis, linchas, bananas, uvas e cerejas… 😀

IMG_5973 (FILEminimizer)      IMG_5991 (FILEminimizer)

Nos jardins da cidade (botânico e das plantas medicinais) passeei tranquilamente por debaixo de copas frondosas, palmeiras, bungavílias, borracheiras, vi laranjas gigantes, jacas, abacaxis. 🙂 Depois visitei o parque Minzu Feng Qing e o seu ambiente semi-decadente e o parque Manting onde encontrei um templo que só me fez lembrar a Tailândia e a cultura Thai – o estilo arquitectónico, os dourados, os pináculos, a representação dos Deuses…

IMG_5955 (FILEminimizer)      IMG_6028 (FILEminimizer) IMG_6046 (FILEminimizer)      IMG_6048 (FILEminimizer)

Ao entardecer tirei umas fotografias ao magnífico céu e ao rio Lancang (nome dado pelos chineses ao Mekong) – que vi pela primeira vez, aqui em Jinghong – e na despedida da cidade, posso afirmar que a mesma tem um cheiro que já não é da China e se me dissessem que estava na Tailândia, em Myanmar, no Laos… acreditaria. 😀

IMG_6117 (FILEminimizer)       IMG_6123 (FILEminimizer)

Guangzhou. Calor e Tempestades

IMG_3652 (FILEminimizer)      IMG_3670 (FILEminimizer)IMG_3692 (FILEminimizer)     IMG_3767 (FILEminimizer)

Nos dias que passei na terceira maior cidade chinesa, esclareci as minhas dúvidas relativamente à rota a tomar após deixar a cidade; visitei parques, jardins e tive dois encontros maravilhosos com as suas distintas faces (a Guangzhou clássica e a Guangzhou contemporânea); fui entrevistado via skype – ou foi mais uma conversa de amigos!? 🙂 ; bebi pela primeira uma refrescante e deliciosa água de coco 🙂 ; tirei múltiplas fotografias; fui abraçado “ternamente” pelo seu abafadíssimo calor e abençoado algumas vezes, por chuvas absolutamente torrenciais e por céus rasgados e iluminados por relâmpagos gigantes. 😉

IMG_4066 (FILEminimizer)     IMG_4129 (FILEminimizer)IMG_3820 (FILEminimizer)     IMG_3966 (FILEminimizer)

Hangzhou. Cidade do Amor!

Depois de efectivado o negócio voltámos ao lago Oeste e calmamente começámos a percorrê-lo no sentido dos ponteiros do relógio. Aqui, pude finalmente observar qual o motivo que leva os chineses a batizar Hangzhou de “Cidade do Amor”. A paisagem serena, as pessoas a conversar, os jardins cuidados, as múltiplas pontes, as florestas, as flores – entre elas, os lótus brancos – os templos, as pagodas, os casalinhos apaixonados, os barcos no lago, as colinas circundantes – entre as quais a Solitary Hill  a vista sobre a cidade, a relva verde, mais casalinhos apaixonados, fotografias e retratos de casais com vestidos e fatos de noivos. Tudo isto faz parte do puzzle, Hangzhou, a cidade do Amor! 😀

IMG_1154 (FILEminimizer)      IMG_1194 (FILEminimizer)IMG_1179 (FILEminimizer)       IMG_1183 (FILEminimizer)IMG_1208 (FILEminimizer)      IMG_1238 (FILEminimizer)

Procuras no People´s Park

Antes de sair do hostel passei pelo Skype e constatei que o Juan também estava na cidade e ficámos de jantar juntos e beber uma cerveja nessa noite. 🙂 Do hostel dirigi-me de metro para o centro da cidade e quando andava a passear no People´s Park e já mais restabelecido, vi pessoas com papéis ao peito (escritos em caracteres) à procura de companheiros ou companheiras para eles próprios ou para os filhos. Não foi a primeira vez que o vi na China, mas talvez tenha sido a primeira vez que vi um número tão elevado de pessoas a fazê-lo.

IMG_0379 (FILEminimizer)

Sleender Lake

Este lago e toda a sua área envolvente formam um local magnífico, que se localiza na periferia da cidade. Cheio de vegetação frondosa, água – lagos, riachos, cascatas, fontes – pontes, pavilhões, flores, um templo budista e uma estupa que imita Beihai, criaturas hediondas caídas do nada, vestígios arqueológicos e o museu de Penjing – arte que concilia a rocha, as árvores, o “vaso” e a base. 🙂 Foi um belo e longo passeio apesar do dia fresco e bastante cinzento.

IMG_9054 (FILEminimizer)      IMG_9089 (FILEminimizer)IMG_9108 (FILEminimizer)       IMG_9143 (FILEminimizer)IMG_9122 (FILEminimizer)       IMG_9199 (FILEminimizer)

IMG_9253 (FILEminimizer)      IMG_9250 (FILEminimizer)

Fotografias Made in Nanquim

Palácio Presidencial

IMG_8531 (FILEminimizer)      IMG_8546 (FILEminimizer)

IMG_8527 (FILEminimizer)     IMG_8536 (FILEminimizer)

IMG_8549 (FILEminimizer)      IMG_8551 (FILEminimizer)

Biblioteca de Nanquim

IMG_8602 (FILEminimizer)

Área cénica de ZhongShan

IMG_8620 (FILEminimizer)      IMG_8633 (FILEminimizer)

   IMG_8649 (FILEminimizer)     IMG_8669 (FILEminimizer)

IMG_8656 (FILEminimizer)      IMG_8694 (FILEminimizer)

Majhong

Num dos parques da cidade e durante pelo menos uma hora fiquei a observar este jogo e os seus intervenientes. Percebi alguma coisa do mesmo!? Naaaaaaa… Mas foi divertido na mesma! E a beleza dos gestos dos jogadores, essa ninguém me tira, fica guardada no coração e na memória.

IMG_6737 (FILEminimizer)      IMG_6742 (FILEminimizer)

Chengdu? Parques e Arranha-céus

  Arranha Céus      White

Depois da visita aos Pandas, voltei ao “centro” de Chengdu, capital da província de Sìchuān. Mas verdade seja dita, devido à vastidão da cidade é dificil encontrar-lhe o coração. 🙂 Há quem diga que está nas grandíssimas avenidas, fréneticas, cheias de pessoas, motos, autocarros e carros. Há quem diga que está em Wangfujin, nas lojas caras e requintadas das imediações e nos arranha-céus que quais gigantes começam a despontar em todas as direções. Eu digo que talvez esteja nos verdes e animados parques da cidade. Principalmente no People´s park, onde há danças, karaokes, coreografias a serem ensaiadas, bandas a tocar, partidas de xiang qi, majohong e cartas a serem jogadas e onde pessoas de todas as idades parecem convergir e partilhar parte do seu tempo. 😀