Em trânsito: Luang Prabang – Huay Xai. Pelo Mekong Acima

Prólogo. Autocarro Noturno para Prabang

Em Vientiane apanhei um autocarro noturno para regressar a Luang Prabang e logo no início da viagem fruto da barafunda reinante, partimos com meia hora de atraso. Preparei o meu kit “dormida”: palas para os olhos, tampões para os ouvidos, a minha rica almofada de ar e encostei-me à janela preparado para dormir.

IMG_9239 (FILEminimizer)      IMG_9245 (FILEminimizer)

A viagem foi passada quase toda a dormitar, mas mesmo assim ainda tive tempo para experienciar duas epifanias. Ambas ocorreram na paragem em Nathong, a primeira quando o autocarro estacionou e chovia torrencialmente. Nesse momento, fiquei a pensar se devia ou não sair do autocarro e balancei entre o sentimento de conforto vS a experiência de vida e os momentos experienciados, ou metaforicamente falando, da possibilidade de ver a vida a passar pela janela ou “saltar” para a estrada. 🙂 A segunda aconteceu no pequeno restaurante onde jantei. Aí encontrei um relógio pregado na parede, parado e tive a certeza que aquela era a metáfora perfeita do país, um local onde o tempo parou e se cristalizou, algures na década de 70 do século XX. 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s