O Primeiro Dia em Xi´an

Na entrada da cidade: gruas, gruas, gruas…gruas, muitas gruas; torres em construção, céu azul mas ao mesmo tempo acinzentado na linha do horizonte (poluição) e tráfego intenso. O primeiro dia na cidade começou já tarde (por volta das 16.00) e depois da viagem de autocarro que ligou esta cidade com Pingyao. Na chegada à estação de autocarros de Wanshou Beilou, muitas pessoas no exterior esperavam para “oferecer” transportes – táxis, motos, e uma continuidade sem fim das novidades motoras do país. 🙂 Sai da estação e graças ao mapa que já tinha procurei um local para apanhar o autocarro. Mostrei ao meu motorista, o papel com o nome do meu destino em chinês – Han guang men e parti no meu primeiro BUS local: um autocarro cheio de gente no meio de um trânsito intenso, meio-louco e de muitas buzinadelas à mistura. 😛

Quando saí na paragem de autocarros e em plena ponte de acesso à entrada da muralha havia pessoas a cortar o cabelo e outras a serem massajadas. Achei o facto curioso. 🙂 Depois de ter efectuado o check-in com a ajuda do gerente (Chen), aproveitei para:

  • Jantar (os chineses jantam cedo, a partir das 17.30 – 18.00 já se vêem pessoas nos restaurantes). Ao fazê-lo, aprendi o valor real da comida no país e fiquei positivamente boquiaberto: Pequim estava inflacionadíssima e Pingyao inflacionada;
  • Passear ao anoitecer. Saí pelo portão de Han guang men e sempre junto a muralha dirigi-me ao portão Oeste da cidade sentindo a energia positiva do local: pessoas a fazer desporto (correr e máquinas de musculação ao ar livre), a passear, a dançar e a fazer coreografias;
  • Já na fase final do passeio (e fruto do acaso) desemboquei no topo da rua onde jantara um par de horas antes e fiquei muito agradado com o ambiente. Senti que estava num pequeno bairro, onde havia incontáveis mini-restaurantes com mesas na rua e pessoas sentadas em pequenos banquinhos, lojas de conveniência, pessoas a circular e jogar o Xiangqi (xadrez chinês).

Xi´an no primeiro dia intrigou-me. Se no primeiro impacto, fui assolado pelo trânsito intenso e caótico, após percorrer este parque e o bairro nas imediações do hostel senti uma cidade totalmente diferente. Talvez os próximos dias revelassem mais camadas desta antiga capital imperial. 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s