Categorias
Crónicas Em trânsito

Em Trânsito: Apo – Panglao. Mergulhos em Dauin

Depois de mergulhar em Apo e me despedir da Nie parti para a ilha de Bohol. Porém, antes de lá chegar fiz uma pequena paragem na vila de Dauin (entre Zambuaguita e Dumaguete), uma vez que Richard me informou que neste local o Muck Diving era algo de extraordinário. E a realidade é esta… foram dois mergulhos de SONHO! Inúmeros ornate ghost pipe fishcuttlefish – inclusivamente um bebé – e frog fish, múltiplos caranguejos, um raríssimo wonderpus  pequeno polvo de tentáculos longos, pipefish, scorpionfish e escolas de lulas. Para além da vida marinha macro estonteante, foram dois mergulhos extremamente relaxados e quando os terminei fiquei com a certeza que é neste tipo de mergulhos que me sinto mais confortável e nos quais disfruto mais. 😀

IMG_1598 (FILEminimizer)

Da pequena vila de Dauin, parti para Dumaguete onde às 15.00 apanhei o barco para a ilha de Bohol, e quem é que encontrei por casualidade no cais de embarque? A Nie! 🙂 Como a partida se atrasou uma hora, apenas chegámos ao porto de Tagbilaran já perto das 18.00 e aí apanhámos um tuk-tuk que demorou cerca de uma hora para chegar a Alona Beach na zona de Panglao. Aí, fruto do conselho do nosso jarbas, acabámos por ficar hospedados na tranquila Alona Bamboo guesthouse.