Uma Geografia. Uma Fotografia: Maligcong

Do reino do culto dos mortos, parti bem cedinho para a cidade de Bontoc, onde rapidamente arranjei uma guesthouse. Resolvida a questão do poiso e do “monstrinho”, apanhei um jeepney montanha acimaaté à aldeia de Maligcong que ficava apenas a cinco quilómetros de distância, mas que fruto da estrada muito esburacada e da topografia acidentada, demorou mais de meia hora a ser alcançada. Na aldeia, estive toda a manhã em deambulações e aí tive a oportunidade de observar pela primeira vez, e verdadeiramente uns terraços de arroz made in Filipinas. Na aldeia encontrei terraços muito verdes e simultaneamente, cheios de água e reflexos. A paisagem era muito tranquila, serena e harmoniosa, e para além de mim, só se viam camponeses nos seus afazeres: cortar ervas, reconstruir terraços com lama, plantar arroz…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s