Fronteiras

Uma pessoa que nunca tenha atravessado um fronteira africana a pé nunca entrou realmente no país, porque o aeroporto da capital não passa de um monumental engano; a fronteira longínqua, aquilo que parece ser o limite, é a realidade central de um país.

Paul Theroux in, Viagem por África 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s